Ex-aluna do curso de Farmácia da FTC (campus Paralela), Rebeca de Oliveira Santana, mudou o caminho habitual geralmente percorrido pelos estudantes recém-formados. Ao invés de um curso de Especialização, a estudante optou tentar uma vaga no Mestrado Acadêmico de Ciências Farmacêuticas da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

A tentativa teve êxito e, em fevereiro deste ano, três meses após a conclusão da graduação na FTC, recebeu a notícia da aprovação, em 5º lugar, no processo seletivo. Além de Rebeca, outras doze pessoas foram aprovadas no concurso.

Para a estudante, os conhecimentos adquiridos ao longo da graduação, através das metodologias utilizadas na Instituição, contribuíram para que ela alcançasse o objetivo.

“O curso de Farmácia da FTC é didático e oferece muitas oportunidades na área de pesquisa, principalmente, iniciação científica, além de infraestrutura que permite que os alunos tenham sucesso no mundo da pesquisa”, destacou Rebeca, afirmando que a jornada está apenas no começo. “Depois do mestrado vou tentar o doutorado. Quero ensinar e também fazer um concurso”, ressaltou a farmacêutica.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário