A Rede FTC tem investido em sua internacionalização por meio de iniciativas voltadas à cooperação acadêmica e cultural a partir da promoção de intercâmbio para seus estudantes ou pelo apoio a projetos de pesquisa científica. Entre os meses de outubro e novembro deste ano, algumas ações movimentaram a instituição nesse sentido.

 

 

 

 

 

 

 

 

Entre os dias 5 e 6 de novembro, ocorreu a visita do médico e professor da Universidade do Minho (Portugal), Pedro Cunha, que já trabalha em cooperação com a Rede FTC no âmbito do projeto de pesquisa científica Vascor (saiba mais). O docente português esteve na Clínica FTC, realizou seminário sobre a pesquisa para os estudantes do curso de Medicina e participou de uma reunião com diretores e gestores da Rede FTC. Após a reunião, o professor destacou: “Essas parcerias são muito importantes para nós, no que diz respeito à troca de experiências para estruturação do ensino médico, abertura de novos paradigmas, de novas formas de encarar a educação, além da capacidade de aprendizagem e da transmissão de competências técnicas”. Participaram do encontro diretores e outros gestores de áreas acadêmicas estratégicas, além do presidente da Rede FTC William Oliveira.

Durante a reunião, segundo o coordenador geral do curso de Medicina André Nazar, foi discutida a possibilidade de ampliação do convênio de cooperação científica que já existe. A proposta é promover intercâmbio acadêmico nos níveis de graduação e pós-graduação strictu senso, para os estudantes do curso de Medicina, além de capacitações para docentes na Universidade do Minho (Portugal). Há, ainda, a expectativa de incluir alunos de outros cursos da área de Saúde da Rede FTC na parceria. No entanto, de acordo com o coordenador, os detalhes do programa ainda estão em fase de finalização e devem ser divulgados em breve.

A Rede FTC já tem parceria com a Universidade de Harrisburg, nos Estados Unidos, por meio da qual recebeu dois grupos de estudantes americanos e enviou outros dois de brasileiros para realizar intercâmbio acadêmico e cultural. A segunda turma retornou à Bahia, no dia 30 de outubro, após duas semanas de intensas atividades, entre aulas e visitas a espaços culturais. O próximo grupo de intercambistas da Universidade e Harrisburg, que virá para o Brasil, deve chegar à capital baiana no dia 12 de maio de 2019.

De acordo com o professor do curso de Ciências Biológicas César Carqueija, que acompanhou o grupo juntamente com o professor Paschoal Molinari Neto, muitos estudantes nunca tinham saído do Brasil e, agora, estão cheios de conhecimentos e ideias para suas formações profissionais. “As possibilidades de formação continuada se abrem, seja em nível de pós-graduação strictu senso, no mestrado e no doutorado, seja em nível de residência ou desenvolvimento de pesquisas nas diversas áreas”, destacou o docente.

Os interessados em participar do Programa de Intercâmbio Acadêmico e Cultural da Rede FTC em 2019 devem ficar atentos, pois o edital para a terceira turma deve ser divulgado no mês de março. Segundo informações da equipe do Núcleo de Qualidade Acadêmica da Rede FTC, responsável pelo projeto, a viagem é realizada no segundo semestre de cada ano e é preciso que o estudante participe de um processo seletivo. Todos os detalhes estão disponíveis em: www.ftc.br/intercambio

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário